encontram-me aqui

flickr
tanya.ruivo@gmail.com

6.11.08

Ninguém disse que ia ser fácil

Não consigo fechar os olhos... se os fecho, pensamentos maus apoderam-se de mim. Preciso de dormir, sei que preciso, a minha cabeça precisa de descanso, o meu corpo precisa de descanso... fecho os olhos, pequena ansiedade aparece. Quero fechar os olhos, preciso de acordar amanhã. Preciso de dormir para poder acordar. O tempo é curto, passa rápido e o medo aumenta, o não acreditar aumenta, o medo de falhar, o não acreditar em mim... um peso muito grande, uma queda... cansada, extremamente cansada... com vícios no corpo, com um apontar de dedo na minha direcção. Cansada, extremamente cansada... pois não é fácil não! Quem disse que ia ser fácil? quem seria capaz de enganar desta forma, sem piedade? fecha os olhos, dorme... tenho vergonha!... Não, não, acende a luz!... dorme, é melhor dormir, conta carneiros felizes aos saltos e reza para não aparecer a senhora aos saltos também...

2 comentários:

Ana Sêrro disse...

Pode ser que tenhas sorte e em vez de senhoras aos saltos te apareça um público radiante por te ver brilhar em todo o teu esplendor num palco... apenas um palco... acredita... temos que acreditar e eu tenho que ir dormir...

2numundo disse...

passar a vida a arriscar faz parte de mim. tu sabes disso. passar a vida a tentar uma e outra vez. atingir metas. conseguir. sorrir! ter-te ao meu lado, foi uma meta atingida. não te vou deixar cair assim. a luta é mesmo esta. a dificuldade. o medo. o risco. a incerteza. a insatisfação. o não querer. o ter medo de dar o segundo passo. mas no fim de tudo, tens de acreditar. porque tem de ser. porque a tua vida é assim. a minha também. a nossa. vai...salta para a merda do palco!

hum... que bom

pedaços de mim